Proposta Pedagógica

docenteOs inúmeros problemas educacionais e o verdadeiro papel da educação formal são motivos de ampla discussão na sociedade moderna.
Urge empreender um esforço coletivo para vencer as barreiras e entraves que inviabilizam a construção de uma escola pública que eduque de fato para o exercício pleno da cidadania e seja instrumento real de transformação social, espaço em que se aprenda a aprender, a conviver e a ser com e para os outros, contrapondo-se ao atual modelo gerador de desigualdades e exclusão social que impera nas políticas educacionais de inspiração neoliberal.

Este projeto pretende apresentar os novos paradigmas de gestão e de práticas pedagógicas que levem a instituição escolar a transgredir a chamada “educação tradicional”, cujo conteudismo de inspiração positivista está longe de corresponder às necessidades e aos anseios de todos os que participam do cotidiano escolar.

A sociedade contemporânea tem passado por expressivas transformações de caráter social, político e econômico. Essas transformações originam-se nos pressupostos neoliberais e na globalização da economia que têm norteado as políticas governamentais. Nesse contexto, surgem alguns questionamentos junto aos educadores e demais agentes escolares: Qual o papel social da escola? Qual a melhor forma de organização do trabalho pedagógico? Compreendemos que a escola é responsável pela promoção do desenvolvimento do cidadão, no sentido pleno da palavra. Então, cabe a ela definir-se pelo tipo de cidadão que deseja formar, de acordo com a sua visão de sociedade. Cabe-lhe também a incumbência de definir as mudanças que julga necessário fazer nessa sociedade, através das mãos do cidadão que irá formar. As novas pesquisas oriundas do campo educacional no Brasil te sinalizado para uma nova concepção de escola, que parece contribuir para o rompimento de alguns paradigmas tradicionais e idealizadores da tal espaço.

METODOLOGIA DE AÇÃO

Com uma metodologia de ensino sociointeracionista (teoria que concebe o conhecimento como um processo construído pelo aluno e interiorizado de forma natural, e questionamentos que ativam a curiosidade, o estudo e a pesquisa) une-se à tradição da formação religiosa à disponibilidade de meios tecnológicos modernos, à proporção que o conhecimento científico vai exigindo.

A prática educativa procura formar cidadãos conscientes de direitos e deveres, pois acredita na educação como meio revitalizados da sociedade, que se tornem autônomos, responsáveis, críticos, cidadãos comprometidos com os valores de justiça e solidariedade, desenvolvendo nos alunos:

a) Habilidades acadêmicas ->  construção de habilidades e competências;

b) Habilidades sociais –> postura éticas com a causa social, tanto pública quanto privada, através de atuação voluntária e profissional.

 c)Habilidades afetivas/emocionais –> Perceber-se num processo de autoconhecimento permanente que favoreça assimilação de situações novas e recursos para superar desafios.

d) Valores –> compromisso com a vida a dignidade humana a justiça social, a natureza e a consciência de que todas as suas ações repercutem no todo.

Todas as áreas do conhecimento são tratadas com uma abordagem crítica que exige raciocínio eficaz, flexibilidade e relações interdisciplinares.

FILOSOFIA EDUCACIONAL

Inspirada nos princípios cristãos, prioriza a pessoa Humana em todos os seus aspectos humanistas e humanizadores, enfatizando o espírito de equipe, a participação e tomada de decisões conjuntas.

Endereço:

Rua Visconde do Itaboraí, 524
Parque Rosário – Campos dos Goytacazes
RJ – CEP:28026-149

Telefones:

(22) 2739-9765
(22) 2723-2261 (Unidade III)